Usa Flag / English Version Bandeira do Brasil / Versão em Português
CURRENT MOON
Lua atual

Crateras Armstrong, Collins & Aldin

Missão APOLLO 11 - o plano da missão da Apollo 11, pela primeira vez na história da humanidade, era desembarcar dois homens na superfície lunar e regressar em segurança para a Terra. 

O foguete Saturno V foi utilizado para levar a espaçonave Apollo 11 ao espaço. O lançamento do foguete ocorreu no Complexo de Lançamento 39A (Lat: 28o 36' 30.23" N, Long: 80o 36' 15.64" W) do Centro Espacial Kennedy, na Florida/USA, em 16 de julho de 1969, às 13:32:00 UT. 

A espaçonave Apollo 11 carregava uma tripulação de três astronautas: Neil Armstrong que era o comandante da missão,  Michael Collins, o piloto do “Columbia” ou Módulo de Comando e Serviço (CSM)  e  Edwin E. “Buzz” Aldrin Jr piloto do “Eagle” ou Modulo Lunar (LM). 

       

       Foto:     Edwin "Buzz" Aldrin Jr.                         Neil Armstrong                                      Michael Collins

O local do pouso na Lua:

O primeiro pouso de uma nave tripulada na Lua aconteceu no dia 20 de julho de 1969, às 20:17:40 UT, quando o Modulo Lunar “Eagle” (águia) pousou no Mare Tranquillitatis, nas coordenadas LAT: 00° 40′ 26.69″ N, LON: 23° 28′ 22.69″ E.  A "águia" pousou a aproximadamente 400 metros a oeste de uma pequena cratera com bordas afiadas, com cerca de 180m de diâmetro.

                                                                     

         Foto: Imagem feita pela sonda lunar americana LRO do local de pouso da Missão Apollo 11.- LRO/NASA.

Foto: fotografia tirada pelo Vaz Tolentino Observatório Lunar indicando o ponto de pouso do Modulo Lunar no "Mare Tranquillitatis".

O Modulo Lunar da missão Apollo 11 aterrissou no sudoeste do Mare Tranquillitatis, intencionalmente, uma área muito plana e, portanto, segura para o primeiro desembarque.

A foto abaixo, apresenta uma visão mais ampla dessa região, mostrando algumas crateras de interesse e as crateras Armstrong, Collins & Aldrin. Norte para cima.

Foto: fotografia tirada pelo Vaz Tolentino Observatório Lunar, indicando o ponto de pouso do Modulo Lunar no "Mare Tranquillitatis" e as principais crateras vizinhas.

Na direção noroeste do local do pouso, encontram-se as crateras Sabine e Ritter, que formam um interessante par, com aproximadamente a mesma idade e tamanho. Ambas tem cerca de 3.800 milhões de anos. Sabine tem 31 Km de diâmetro e 1,5 Km de profundidade, enquanto Ritter tem 32 Km de diâmetro e 1,3 Km de profundidade. Ambas têm piso áspero, mas não possuem pico central. 

Próximo à essas duas crateras existem três outras minúsculas crateras, que foram “rebatizadas” como Armstrong, Aldrin e Collins, em homenagem aos astronautas da Apollo 11. Essas pequeninas crateras tem os seguintes diâmetros (respectivamente): 4,6 Km, 3,4 Km e 2,4 Km. Originalmente, as três pequenas crateras chamavam-se Sabine E, B e D respectivamente.

Ao norte do local do pouso encontra-se a cratera Arago, com 27 Km de diâmetro e 1,8 Km de profundidade.

                                            

Foto: Um imagem em close do ponto de alunissagem da Apollo 11, feito pela sonda lunar japonesa Kaguya/SELENE.

Tributo à Missão Apollo 11: Em 1970, a IAU (International Astronomical Union) "batizou" três pequenas crateras no Mare Tranquillitatis, perto da área do pouso do Módulo Lunar Eagle, com os nomes dos três astronautas da Missão Apollo 11 - ARMSTRONG, COLLINS & ALDRIN !

Na foto abaixo, Norte para direita.

Foto: as três pequenas crateras que rebeberam os nomes dos três astronautas da Missão Apollo 11. - Vaz Tolentino Observatório Lunar.

So2

Blog "Sky and Observers" - dezembro ...
Blog "Sky and Observers" - dezembro / 2019
Olá pessoal, Neste mês (dezembro / 2019) estão publicados no Blog "Sky and Observers" os seguintes assuntos: O Almanaque Astronômico Brasileiro de 2020! Nota: Link para download gratuito: ... Leia mais

Olá pessoal, Neste mês (dezembro / 2019) estão publicados no Blog ... Leia mais
02/12/2019
D

UM OLHAR REAL EM DIREÇÃO AO ...
UM OLHAR REAL EM DIREÇÃO AO UNIVERSO - por Nelson Travnik.
ASTRONOMIA UM OLHAR REAL EM DIREÇÃO AO UNIVERSO por Nelson Travnik Nesta segunda-feira, 2, astrônomos de todo País, estarão comemorando o Dia Nacional da Astronomia, o Dia do Astrônomo. A grata ... Leia mais

ASTRONOMIA UM OLHAR REAL EM DIREÇÃO AO UNIVERSO por Nelson Travnik Nesta ... Leia mais
28/11/2019
Bo

Boletim Observe! - dezembro / 2019
Boletim Observe! - dezembro / 2019
Nobres colegas: O Boletim Observe! do mês de dezembro de 2019 está disponível no endereço eletrônico mencionado a seguir: http://www.geocities.ws/costeira1/neoa/observe.pdf Leia a edição atual ... Leia mais

Nobres colegas: O Boletim Observe! do mês de dezembro de 2019 está disponível ... Leia mais
28/11/2019
Nasa_logo

Revista Brasileira de Astronomia - ...
Revista Brasileira de Astronomia - Artigo de Nelson Travnik.
Artigo de Nelson Travnik publicado na Revista Brasileira de ASTRONOMIA - Ano 1 / Numero 4 / out - dez 2019 (produzida pela Sociedade Astronômica Brasileira), sobre a participação brasileira no Projeto LION:

Artigo de Nelson Travnik publicado na Revista Brasileira de ASTRONOMIA - Ano 1 / Numero 4 / out - ... Leia mais
28/11/2019